sexta-feira, 24 de junho de 2011

POR MIM ADENTRO

Sempre me senti diferente... Sempre acreditei! Assim sendo…
Senti que este Mundo… Que tanto, tanto, TANTO!!!!
Desejei ardentemente que fosse... Não era Meu!
Poderia ser…Poderá ser… Mas…
Acho que me fui enganando no chão que pisava...
Tentando ser o que não podia… Oferecendo as vontades…!
E no entanto… Faltou sempre qualquer coisa! Talvez de mim…
Não sei…!
O Meu Mundo… Não era o mesmo!
Eu era um estranho no meio de algo... Porque a minha visão das coisas, é… E sempre foi… Diferente!
Por cada palavra que dizia… Ouvia!
Por vezes exageradamente!
Como se essa voz guiasse um rio na sua marcha incessante!
Que corre sem que nada o faça parar… Atravessando o que quer que seja! E me levasse consigo na sua ondulação furtiva…
Como se eu nada fosse!
E calei-me... Cansei-me…
Senti-me um ser erróneo e incompreendido... Uma alma que flutuava...
Não sendo… Nem tendo necessariamente que o ser!
Isolado! Fechado! Numa mão que se mantém sempre aberta...
Esticada! E assim continua… Mas em segredo.
As portas que se me fecham... Só eu as abro sozinho... Mas faltam-me as forças! E no entanto…
A culpa… Também não deixa de me pertencer… Nem morre abandonada por mim! Sem dúvida!
E no meio de tanta história... Isto… É o que vai continuar a ser o filme da minha vida.!
Um Amor... Perdido no meio de nenhures… Mas que pode ser apenas… Depender apenas…
De um sorriso que é meia vida!
Meu…?
Quem sabe…?

Alex M

MENÇÃO HONROSA Categoria C - Prosa
http://zambezianachuabo.blogspot.com/

P.S. - Aqui deixo o meu agradecimento tanto pela iniciativa como por esta atribuição.
Até uma próxima!

3 comentários:

acácia rubra disse...

Venho dar-lhe os parabéns.

Virei com mais tempo para o ler.

Beijo

Alex M disse...

Muito obrigado pela atenção...

Volte sempre e quando quiser, o meu blogue é também o seu blogue, se assim se pode dizer...

Beijo

Alex M

Anónimo disse...

:) ... bem trabalhado e transformado ... tudo tem o seu propósito . Parabéns. Continuarei a ler-te *